Rastreio de Aneurisma da Aorta Adbominal

A USF Valongo congratula-se com a conclusão do Rastreio do Aneurisma da Aorta Abdominal após ter conseguido rastrear 83% dos seus utentes do sexo masculino com idade igual ou superior a 65 anos. Tendo em conta que 85% desta população desconhecia esta doença que é o mais frequente dos aneurismas arteriais, sendo uma das causas de morte súbita que afeta mais de 700 mil pessoas, na Europa, e é a 12ª causa de morte consideramos meritório não só a deteção de novos casos mas sobretudo a informação aos utentes prestada sobre esta doença.

Agradecemos também a todos os profissionais de saúde da USF Valongo e do Serviço de Cirurgia Vascular do Centro Hospitalar S. João que estiveram envolvidos, contribuindo para que um estudo desta envergadura sobre esta temática fosse realizado pela primeira vez em Portugal, bem como a todos os utentes que participaram e sem os quais este estudo não teria sido possível.

Last Update:
09-09-2018 19:53